欧宝官网


          
          

                    Página atual:Português > Tema >

                    Economia chinesa cresce 6,3% no primeiro semestre

                    2019-07-15 18:08:57

                    O PIB da China cresceu 6,3% em termos anuais no primeiro semestre de 2019, disse Mao Shengyong, porta-voz do Departamento Nacional de Estatísticas (DNE) em uma entrevista coletiva realizada hoje (15) em Beijing.

                    Tendo o consumo, o investimento e a importação e exportação como principais forças motrizes, a economia chinesa cresceu de forma estável no primeiro semestre deste ano, disse Mao. Segundo ele, na próxima fase, a China ainda irá continuar aprofundando a reforma e abertura, melhorar o ambiente de negócios e buscar um desenvolvimento econômico de alta qualidade.

                    De acordo com os dados divulgados pelo DNE, o PIB da China superou 45 trilhões de yuans (US$ 6,5 trilhões) nos primeiros seis meses deste ano, representando um aumento de 6,3% em relação ao ano passado. Mais detalhadamente, o PIB subiu 6,4% no primeiro trimestre e 6,2% no segundo trimestre. Mao disse que o crescimento correspondeu à meta anual do governo de 6% a 6,5% estabelecida para 2019.

                    “Falamos do crescimento de 6,3%, devemos perceber também que o país conseguiu ainda manter estável o mercado de trabalho, e a receita do povo. O preço das mercadorias cresceu, mas ainda está numa faixa estável. Além disso, o consumo de energia por cada 10 mil yuans do PIB caiu para 2,7%, o que significa uma constante melhoria do meio ambiente. Então, podemos dizer que o crescimento de 6,3% é um desenvolvimento de qualidade e sustentável.”

                    No entanto, a China ainda enfrenta uma pressão no contexto da desaceleração econômica mundial e dos problemas estruturais internos acumulados ao longo dos últimos anos, disse Mao.

                    “Neste contexto, não optamos por fortes incentivos, mas sim pela reforma e inovação constantes que ajudam a promover o macrocontrole, a melhoria do ambiente de negócios e a redução de taxas, com o objetivo de incentivar a revitalização do mercado e o crescimento estável da economia.”

                    Ainda segundo os dados, a produção industrial de valor agregado da China, um importante indicador econômico, aumentou 6% em termos anuais no primeiro semestre de 2019, e as vendas no varejo de bens de consumo da China aumentaram 8,4%. As vendas online aumentaram 17,8% anualmente entre janeiro e junho, sendo a principal força motriz do crescimento do consumo do país.

                    O PIB da China registrou um aumento relativamente positivo no primeiro semestre deste ano. Mao disse que na próxima fase a China deverá focar nas reformas.

                    “Devemos manter a estabilidade estratégica diante das mudanças exteriores e focar mais nas reformas e na inovação para promover a atualização industrial, melhorar o ambiente de negócios e promover o investimento estrangeiro.”



                    Páginas sugeridas

                    ?

                    Top 10 MúsicasColetaneaMaisMais

                    • TOP10 China
                    • “This is Hyony” de Lee Jung-hyun

                    Vídeo

                    Either scripts and active content are not permitted to run or Adobe Flash Player version 11.4.0 or greater is not installed.

                    Get Adobe Flash Player
                    Oriente e Ocidente à Mesa - Dim sum cantonês

                    China.com mais perto de você

                    
                    

                            
                            

                                      ub8如何注册

                                      福客来彩票注册首页

                                      BT|体育

                                      博亚|平台

                                      外围足球软件排行榜

                                      bob体育国内

                                      番茄|棋牌|app

                                      英亚体育投注

                                      搜球吧直播